O Senegal autêntico e alegre!

O Senegal oferece-nos uma infinidade de paisagens naturais, com vegetações luxuriantes. Situado entre o Sahel do Norte e a grande floresta tropical, é atravessado por quatro rios um dos quais deu o seu nome ao Senegal. Grande parte do país permanece desértico com a savana a dominar a paisagem em quase todo o interior do país, e floresta tropical a sul na região de Casamance entre a Gambia e a Guiné Bissau. A costa com 700 km possui as mais belas praias de toda a costa oeste de África com quase 500 km de praias de areia branca e águas cálidas.
Acolhedor e hospitaleiro, o Senegal é um manancial de etnias e de tradições, terra dos Wolofs, dos Pulaar (pastores Peuls do vale do rio Senegal), dos Sereres, dos Soninques, dos Diolas e dos Mandingos. 

O Senegal soube preservar intactos, os valores da hospitalidade, não obstante a conjuntura económica difícil do país.
Possui parques naturais, santuários de inúmeras espécies de animais, fruto de uma visão futurista que tem garantido um crescimento do turismo e a preservação de muitos animais!

O outro destino do nosso programa, a Gambia, é o mais pequeno país de África, um enclave no coração do Senegal, estendendo-se ao longo do rio Gambia, que divide o país. A Gambia tem os seus encantos, recheada de culturas e tradições, e é também o lar dos Wolofs e de outras etnias que encontramos no Senegal!

Partida de Lisboa (ou outra cidade) ao fim da tarde em voo directo para Dakar. Chegada por volta da meia-noite. Transfere para o hotel.
Alojamento: Noite a bordo
Refeições: A bordo
Actividades Extra: 0
Depois do pequeno almoço, entrega das viaturas, abastecimento de provisões para os dias seguintes e saída com direcção a Tambaconda sempre em alcatrão, com paragem em Kaolack para almoço. No fim do dia já estaremos bem no coração do Senegal. Alojamento e jantar em hotel.
Alojamento: Hotel
Refeições: Jantar
Actividades Extra: 0
Dedicaremos 2 dias do nosso programa a uma região pouco visitada do Senegal, mas uma das mais bonitas – O País Bassari! É um região, junto à fronteira com a Guiné Conacrionde, onde a cultura africana nativa está melhor preservada. Poderemos contemplar o lado mais tradicional do Senegal, veremos aldeias pitorescas e conheceremos a sua cultura e seus costumes. Tudo cercado por paisagens únicas com animais silvestres e natureza exuberante. Visitaremos Iwol, a aldeia mais conhecida e visitada, situada no alto de uma colina com uma vista privilegiada para as planícies que a rodeiam. São 40 mn de marcha até à aldeia de dificuldade reduzida mas que certamente não vai querer perder. Outro dos lugares que visitaremos será a Cascata de Dindefelo com os seus 100 m de altura envolta em floresta exuberante. Os alojamentos previstos são locais em acampamentos solidários, em pequenas cabanas circulares de pedra e madeira e telhados tradicionais. Ao recorrermos a estes alojamentos estamos a contribuir para a economia local e a melhorar a vida dos seus habitantes.
Alojamento: Bungalow
Refeições: Pequeno almoço e jantar
Actividades Extra: 0
Depois do pequeno almoço seguimos para o Parque Natural Niokolo Koba. Um dos últimos santuários da fauna senegalesa, o mais antigo e o mais bem equipado dos seis parques nacionais. Em 1981, a UNESCO a reconheceu como Reserva da Biosfera e Patrimônio da Humanidade. Possui uma área de 9.130 km² e seu ponto mais alto é os 311 metros do Monte Assirik. Atravessaremos o rio Gambia com uma paragem técnica para um mergulho (se o rio levar água) e à saída do parque passaremos pelas aldeias típicas de Ethiolo e Salemata ainda no País Bassari. Alojamento e jantar em lodge.
Alojamento: Lodge
Refeições: Pequeno almoço e Jantar
Actividades Extra: 0
Neste dia vamos cruzar toda a Casamance. Considerado o celeiro do Senegal, a Casamance é a região mais húmida e a mais encantadora do Senegal, um paraíso tropical cheio de rios, manguezais, bosques de baobás e palmeiras, praias, música … e é o lar dos Diola, uma aldeia que soube preservar muitas de suas tradições e crenças. Palco de várias revoltas devido a sua importância estratégica, mas por se encontrar isolada entre a Gambia e Guiné o seu isolamento em relação a Dakar desperta desejos de independência originando alguns conflitos. É por isso, também a região mais militarizada e os controles militares são portanto frequentes. A capital da Casamance, Kolda será motivo de paragem para o nosso almoço. Continuamos depois até à costa de Cap Skirring onde o rio Casamance desagua formando um delta e onde estão as melhores praias de toda a costa senegalesa. Jantar e alojamento em lodge.
Alojamento: Lodge
Refeições: Pequeno almoço e jantar
Actividades Extra: 0
As praias de Cap Skirring são as melhores de todo o Senegal, o quadro é digno de um postal de férias mas não é o paraíso para os amantes da praia, embora não haja hotéis na 1ª linha da praia e sejam praticamente desertas. A foz do rio Casamance forma um delta onde os manguezais proliferam cheios de vida com dezenas de ilhas de onde saem os pescadores para a faina diária. O dia será dividido entre um passeio de piroga pelos canais do manguezal e visitar uma das ilhas piscatórias, uma visita à pequena vila de Cap Skirring e acabar numa das praias de areia branca da costa para um repouso bem merecido. Jantar e alojamento em lodge.
Alojamento: Lodge
Refeições: Pequeno almoço e jantar
Actividades Extra: Passeio de piroga nos manguezais
Este será um dia relativamente curto e tranquilo embora a entrada na Gambia possa revelar-se uma aventura ou não estivéssemos em África. A Gambia é um enclave dentro de Senegal ocupando ambas as margens do rio Gambia. Antiga colónia inglesa a quem o pretendente ao trono lusitano, António Prior do Crato vendeu os direitos comerciais exclusivos sobre o rio Gambia, foi palco de lutas entre a França e a Inglaterra pela supremacia política e comercial do território, e acabou com o tratado de Versalhes em 1783 concedendo a Gambia à Grã-Bretanha.
O país não tem grande relevância turística sendo apenas procurado pelos ingleses como destino balnear. Aproveitaremos a passagem pelo pais para relaxar-mos o resto do dia num dos seus resorts a beira mar junto a capital, Banjul. Alojamento em hotel, jantar livre.
Alojamento: Lodge
Refeições: Pequeno almoço
Actividades Extra: 0
Desde janeiro de 2019 que já é possível atravessar o rio Gambia mais a Este por uma ponte que irá revolucionar as relações comerciais entre a Gambia e o Senegal. Vamos aproveitar esta nova estrutura que nos fará poupar algumas horas para conhecer um pouco da Gambia a sul e a norte do rio antes de regressarmos ao Senegal e ao nosso destino de hoje, o delta de Sine Saloum.
Alojamento e jantar no lodge.
Alojamento: Lodge
Refeições: Pequeno almoço e  jantar
Actividades Extra: 0
Esta ultima etapa antes do regresso à capital começa no Delta de Sine Saloum, uma grande área de pântanos, manguezais e mais de 200 pequenas ilhas. Habitat de centenas de várias espécies, sobretudo pássaros, há pelicanos, garças, flamingos cor-de-rosa, maçaricos, jaburu, cormorões, águias, andorinhas, gaivotas … mas a verdadeira riqueza é debaixo d’água… estima-se que existam 114 espécies diferentes de peixes. Outros animais como tartarugas marinhas, crocodilos ou golfinhos, habitam as aguas do delta mas são muito mais difíceis de ver.
Seguimos depois para a Ilha das conchas já na parte norte do Delta, que como o seu nome indica formou-se da acumulação de conchas de moluscos, principalmente amêijoas.
As ruas estão cheias de pessoas tranquilas, vendendo o seu artesanato e peixe. Na não há veículos motorizados, e este é um dos poucos lugares no Senegal onde vamos ver porcos, pois a ilha é ao contrário do país de maioria cristã. Esta é alias uma das suas particularidades, num país onde 90% da população é muçulmana, aqui é ao contrário… 90% dos seus habitantes são católicos e o resto são muçulmanos. É um ótimo exemplo de coexistência entre religiões. Os habitantes cristãos têm um segundo nome muçulmano e os habitantes muçulmanos têm como segundo nome um cristão. Alojamento e jantar no hotel.
Alojamento: Hotel
Refeições: Pequeno almoço e jantar
Actividades Extra: 0
Depois dum ultimo mergulho na costa de Sine Saloum, regressaremos a Dakar. Aproveitaremos a tarde para conhecer o lago rosa, as dunas circundantes e a praia que durante anos foi palco da última etapa do Paris-Dakar.
Poderemos observar um pouco o trabalho árduo da extração do sal no lago cuja comercialização é feita através de pequenas cooperativas e dependendo da qualidade será utilizada para diferentes usos. Alojamento em hotel. Jantar (não incluído) num restaurante local.
Alojamento: Hotel
Refeições: Pequeno almoço
Actividades Extra: passeio de landrover nas dunas
O ultimo dia do programa em Dakar vamos optar por conhecer a colorida mas historicamente triste ilha de Gorée, Património Mundial da Humanidade desde 1978. A ilha foi descoberta em 1444 pelos portugueses, mas era totalmente desabitada, pois não havia como obter água na ilha. Tornou-se num porto comercial e escala para a rota das Índias. Em 1536 a primeira Casa dos Escravos foi construída, depois passou pelas mãos dos holandeses e franceses até que a escravidão foi abolida em 1848. Durante os séculos XVI a XVII, este foi um dos mercados de escravos mais importantes do mundo, no qual eles avaliavam os escravos para vendê-los e enviá-los para as plantações da América. Aqueles que eram mais fortes não passavam muito tempo aqui, os fracos eram mantidos nas celas até engordarem um mínimo de 60 quilos antes de serem vendidos.
A ilha é hoje um lugar cheio de vida, colorida e tranquila em contraste com o caos e sujidade da capital.
Ao fim do dia regresso a hotel para o check-out e jantar. Transfere para o aeroporto para o voo nocturno até lisboa.
Alojamento: Noite a bordo
Refeições: Pequeno almoço e jantar
Actividades Extra: Visita a Ilha de Gorée e entrada nos monumentos
Chegada a Lisboa ou a outra cidade de partida pela madrugada.
Fim da viagem.
As estradas em África encontram-se normalmente em mau estado, o que se torna muitas vezes duro para as viaturas e até mesmo para nós. Mesmo com revisões frequentes e estando na generalidade em bom estado, podem ocorrer pequenas avarias ou furos.
Por vezes as distâncias podem ser longas e as pistas não são propriamente suaves e sem pó, mas no final vai sempre valer a pena. Os tempos indicados nos itinerários são indicativos pelo que poderão ocorrer atrasos e imprevistos, por isso há que ter alguma paciência. Afinal tudo fará parte da experiência e da aventura.
O Senegal é dos países mais estáveis em África e cerca de 95% da população é muçulmana, apesar de existirem diversas etnias. Em Dakar conviveremos com a sua conhecida confusão citadina, mas saindo da cidade a figura em destaque passará a ser a paisagem e os muito simpáticos povos que encontraremos pelo caminho.
O clima é tropical, com alguma chuva entre Maio a Novembro, e na época seca, de Dezembro a Abril, as temperaturas aumentam consideravelmente.

DATAS & PREÇOS

A LANDVENTURE tem a seu cargo toda a logística da viagem, o serviço de hotelaria, o aluguer das viaturas 4×4, as formalidades de fronteira e relações com as autoridades, o acompanhamento do grupo durante toda a viagem.
As viaturas 4×4 usadas neste programa serão partilhadas por 4 passageiros e respetivas bagagens. As viaturas possuem equipamento especial que permite viajar em autonomia total. Tendas nos tejadilhos (2 para 2 pessoas cada), equipamento de campismo, (mesa, cadeiras, e todos os utensílios para cozinhar e comer, (pratos, talheres, tachos, grelhas, fogão, etc…), botijas de gás, luzes exteriores, depósito de água) e depósito suplementar de combustível com autonomia para +/- 1000km. A condução pode portanto ser partilhada por todos. Cada viatura possuí um seguro de responsabilidade máxima que incluí danos próprios. As despesas de combustível são divididas pelos ocupantes de cada viatura. É possível, mediante suplemento, que as viaturas possam ser partilhadas apenas por 2 ou 3 participantes, sempre que for solicitado.

Preços por Pessoa

ADULTO EM DUPLO

1.590€

SUPLEMENTO SINGLE

490€

Condições de participação
 Liquidação de 50% do valor total no acto da inscrição, os restantes 50% até 30 dias antes do início da viagem.

Inclui

Viatura 4×4 com seguro CDW
11 noites de alojamento com pequeno almoço
9 Jantares
Transferes
Acompanhamento Landventure
Seguro de viagem
Taxas e IVA

Não inclui

Voos
Entradas nos parques/aldeias/monumentos
Passeio de Piroga no manguezal
Combustível ( +/- 70€ por pessoa)
Refeições não indicadas no programa
Bebidas às refeições nos hóteis e extras de carácter pessoal
Vistos e taxas alfandegárias

Voos

Valores indicativos em económica:
Lisboa/Dakar/Lisboa, desde:

490€

Consulte-nos para obter as tarifas aéreas actualizadas para partidas desta ou de outra cidade ou país.
Para partidas de outro país poderá ter de prever mais uma noite de alojamento à ida e/ou regresso.

Número de participantes

Mínimo 6 – Máximo 15

Ver condições gerais

A LANDVENTURE tem a seu cargo toda a logística da viagem, o serviço de hotelaria, o aluguer das viaturas 4×4, as formalidades de fronteira e relações com as autoridades, o acompanhamento do grupo durante toda a viagem.
As viaturas 4×4 usadas neste programa serão partilhadas por 4 passageiros e respetivas bagagens. As viaturas possuem equipamento especial que permite viajar em autonomia total. Tendas nos tejadilhos (2 para 2 pessoas cada), equipamento de campismo, (mesa, cadeiras, e todos os utensílios para cozinhar e comer, (pratos, talheres, tachos, grelhas, fogão, etc…), botijas de gás, luzes exteriores, depósito de água) e depósito suplementar de combustível com autonomia para +/- 1000km. A condução pode portanto ser partilhada por todos. Cada viatura possuí um seguro de responsabilidade máxima que incluí danos próprios. As despesas de combustível são divididas pelos ocupantes de cada viatura. É possível, mediante suplemento, que as viaturas possam ser partilhadas apenas por 2 ou 3 participantes, sempre que for solicitado.

Preços por Pessoa

ADULTO EM DUPLO

1.590€

SUPLEMENTO SINGLE

490€

Condições de participação
 Liquidação de 50% do valor total no acto da inscrição, os restantes 50% até 30 dias antes do início da viagem.

Inclui

Viatura 4×4 com seguro CDW
11 noites de alojamento com pequeno almoço
9 Jantares
Transferes
Acompanhamento Landventure
Seguro de viagem
Taxas e IVA

Não inclui

Voos
Entradas nos parques/aldeias/monumentos
Passeio de Piroga no manguezal
Combustível ( +/- 70€ por pessoa)
Refeições não indicadas no programa
Bebidas às refeições nos hóteis e extras de carácter pessoal
Vistos e taxas alfandegárias

Voos

Valores indicativos em económica:
Lisboa/Dakar/Lisboa, desde:

490€

Consulte-nos para obter as tarifas aéreas actualizadas para partidas desta ou de outra cidade ou país.
Para partidas de outro país poderá ter de prever mais uma noite de alojamento à ida e/ou regresso.

Número de participantes

Mínimo 6 – Máximo 15

Ver condições gerais

5/10

Os alojamentos são simples. Variam entre hotéis e lodges à exceção de uma noite, onde dormiremos em bungalows modestos, mas confortáveis e limpos. Ao dormirmos nestes alojamentos estaremos a contribuir para a economia local.

4/10

As pistas são relativamente fáceis. Teremos algumas caminhadas de pouca dificuldade, sendo que a maior durará cerca de 40 minutos. O percurso é, portanto, na sua globalidade bastante fácil.

7/10

O Senegal é um país de culturas, com diversos grupos étnicos. “Um homem com boca nunca está perdido”, um ditado popular Wolof que explica que a comunicação é tudo para o entendimento e a busca pessoal.

Loading...

Junte-se a nós nesta aventura!

Gostava de participar nesta expedição, tem uma questão ou deseja mais informações?

Não hesite entre já em contacto connosco!