20 Anos depois!

Há 20 anos quando abraçamos a nossa primeira grande expedição a Marrocos não imaginava-mos que estaríamos hoje a comemorar este feito. Perdemos a conta ao número de expedições, ao número de participantes e aos itinerários que desenhamos ao longo destes anos todos. Em 20 anos muito mudou em Marrocos, vimos este país crescer e evoluir, vimos algumas das mais belas pistas serem alcatroadas desafiando-nos e obrigando-nos a procurar outros trilhos. Á medida que novos caminhos iam sendo descobertos, a paixão por este país aumentava e esse foi o segredo por estarmos aqui passados 20 anos.

Neste ano comemorativo decidimos re-editar na integra o programa da primeira expedição. Queremos desafiar-vos a percorrer de novo as pistas que sobram deste itinerário e mostrar que apesar do alcatrão que cobre hoje as pedras e a terra de grande parte das pistas, a beleza das suas paisagens continua bem presente.

Concentração em Tarifa, em horário a combinar, e travessia de ferry para Tanger. Depois das formalidades alfandegárias seguimos para o hotel em Tanger. Jantar no hotel.
Alojamento: Hotel
Refeições: Jantar
Actividades Extra: 0
Depois do pequeno almoço seguimos para Chefchaouen. Hoje este percurso faz-se em metade do tempo que há 20 anos atrás o que nos dará mais um pouco de tempo para conhecer esta bela cidade de montanha, uma das mais fotogénicas de Marrocos. Mais conhecida como a cidade azul ou pomba branca, apesar do azul ser a cor dominante de muitas das suas ruas, situada na cordilheira do Rif entre duas montanhas, “os chifres”, ech e chaou, de onde deriva o seu nome. Depois do almoço num restaurante local saímos para mais um marco histórico e cultural, uma das cidades imperiais… Fés. A cidade de Fés foi fundada em 789 por Idris I, bisneto de Ali, genro de Maomé, é o centro milenário da cultura e arte árabe-islâmica. Foi durante muito tempo a capital política do Império. A sua história e o seu passado, dão-lhe o estatuto de metrópole religiosa, intelectual e cultural do Magrebe. Visitaremos a sua medina, a mais antiga de todas, Património da Humanidade, e ainda o bairro judeu e o Palácio Real (exterior). Jantar no hotel.
Alojamento: Hotel
Refeições: Pequeno Almoço, almoço e Jantar
Actividades Extra: Visita guiada a medina de Fés
Neste 3º dia vamos seguir para sul em direção ao Atlas com uma paragem breve para um chá na belíssima vila de Ifrane situada a 1650 m de altitude no lado pluvioso do Atlas, uma estância de neve construída pelos franceses. As casas com telhados de telhas conferem a esta povoação uma atmosfera centro-europeia fazendo-nos lembrar uma cidade Suiça. Seguimos depois pela floresta dos cedros, até ao ponto mais alto deste dia junto ao lago Tislit uns quilómetros antes de Ilmilchil. O primeiro acampamento de sempre de todas as nossas expedições foi realizado aqui junto a casa do guarda e deixou grandes memórias. Esta noite será portanto em acampamento próprio e o jantar na casa do guarda, com vista para o belo lago Tislit.
Alojamento: Acampamento
Refeições: Pequeno Almoço e Jantar
Actividades Extra: 0
Há 20 anos a pista entre Ilmilchil e as Gargantas do Todra era a mais incrível e desafiante de Marrocos. Hoje apesar de alcatroada não perdeu a beleza graças as suas paisagens de montanha com planaltos e vales de rara beleza. A chegada às Gargantas do Todra continua a ser um momento emocionante, o vale e o seu palmeiral continua a ser uma das imagens mais recorrentes de Marrocos e um lugar incontornável. Tinghir é a porta de entrada para o sul árido de Marrocos onde começam as paisagens mais desérticas, e palco das grande pistas do sul que ainda permanecem como ha 20 anos atrás. Chegaremos ao fim do dia a Erfoud antigamente considerada a ultima cidade antes do deserto profundo e início das expedições que cruzavam as pistas do sul junto a fronteira com Argélia. Alojamento e jantar em albergue.
Alojamento: Albergue
Refeições: Pequeno Almoço e Jantar
Actividades Extra: 0
Depois do pequeno almoço seguimos para as primeiras pistas desérticas que vão levar-nos a Merzouga junto ao Erg Chebby. Hoje esta pequena vila de deserto tornou-se a principal atração desta região e o ponto de partida para as expedições que seguem mais para sul. Os 50 km que a separam de Erfoud podem desde ha alguns anos serem feitos em alcatrão, permitindo que todos os meios de transporte para além dos 4×4 possam aqui chegar sem dificuldade. Graças a isso Merzouga cresceu exponencialmente e atraí milhares de turistas nos inúmeros albergues que aqui foram construídos fazendo desta pequena vila um verdadeiro oásis turístico de sucesso. Esta foi outra grande noite hà 20 anos que queremos repetir, por isso depois das pistas, teremos a nossa espera um acampamento berbere exclusivo com animação onde iremos comemorar os 20 anos de expedições em Marrocos.
Alojamento: Acampamento Berbere
Refeições: Pequeno almoço e Jantar
Actividades Extra: 0
Pequeno almoço cedo para iniciarmos aquela que era considerada “A Pista”. O troço entre Merzouga e Zagora muitas vezes palco do Dakar, sempre foi das pistas mais procuradas. Apesar das dificuldades de alguns dos troços do percurso, sobretudo o final, os seus cerca de 300km eram um desafio no horizonte de todos os apaixonados de Marrocos. Zagora está agora mais “perto”, o final do percurso que era todo feito em pedra é hoje alcatroado, permitindo assim fazer o restante percurso mais tranquilamente. Zagora, quase se tornou na “Meca” dos apaixonados do TT e das expedições em Marrocos para fazerem a manutenção e reparações nos 4×4, tal não era a dureza da pista. Ainda hoje existe algumas das oficinas pioneiras e mais famosas do norte de África nesta pequena cidade. Alojamento e jantar no hotel.
Alojamento: Albergue
Refeições: Pequeno almoço e Jantar
Actividades Extra: 0
Este dia marca o inicio do regresso. Começamos a subida ao longo do Vale do Dades, o maior palmeiral de Marrocos, que acompanha o maior rio do país, o Dades. As paisagens continuam grandiosas com os seus Ksars e Kasbahs ao longo da estrada até começar-mos a entrar de novo no Atlas. Pelo caminho não deixaremos de fazer uma breve visita a Ouarzazate e Ait Ben-Haddou, passando pelo Vale do Unila até Telouet, para nós, um dos vales mais bonitos de Marrocos. No caminho até a Marraquexe ainda poderá testemunhar uma das maiores obras rodoviárias que o Reino de Marrocos esta a realizar desde ha quase 10 anos, que é o alargamento de toda a N9 que cruza todo ao Atlas passando pelo famoso Tizi n’Tichka o ponto mais alto desta rodovia!  Chegada ao fim do dia a Marraquexe. Alojamento e jantar no hotel.
Alojamento: Hotel
Refeições: Pequeno almoço e Jantar
Actividades Extra: 0
Marraquexe continua a ser a mais bela e emblemática cidade de todo o Magrebe. A longo destes anos a cidade modernizou-se e cresceu a um ritmo alucinante mas manteve o seu carisma e continua a ser após 20 anos a única cidade que nunca saiu dos nossos programas. Continuamos apaixonados pelo seu ritmo frenético e pelo transito caótico onde taxis, motos e charretes se misturam num caos aparentemente organizado. Preparamos para a manhã uma visita (facultativa) aos principais monumentos e deixaremos para depois do almoço a visita à medina para as habituais compras. Jantar naquele que continua a ser 20 anos depois o lugar mais procurado de Marraquexe para uma noite de espetáculo onde estão representados todas tradições musicais e de dança do país, numa arena onde são simulados combates a cavalo dos tempos medievais. Dormida no hotel.
Alojamento: Hotel
Refeições: Pequeno almoço e Jantar Espectáculo
Actividades Extra: City Tour.
Este último dia entre Marraquexe e Tanger continua a ser um dos percursos que mais repetimos durante as nossas expedições em Marrocos, com El Jadida como paragem obrigatória. Aqui visitamos o forte da antiga Mazagão construído pelos portugueses com a Cisterna Portuguesa como um dos seus ex-libris e uma obra da arquitetura portuguesa do século XVI. Seguimos depois para Tanger onde chegaremos ao final do dia. Jantar no hotel.
Alojamento: Hotel
Refeições: Pequeno Almoço e Jantar
Actividades Extra: 0
Saída de madrugada para o primeiro ferry do dia até Tarifa e regresso a Portugal.
FIM DA VIAGEM.
Alojamento: 0
Refeições: 0
Actividades Extra: 0
A LANDVENTURE tem a seu cargo toda a logística da viagem, o serviço de hotelaria, as formalidades na fronteira e relações com as autoridades, as travessias do Mediterrânio, o acompanhamento do grupo a Marrocos com um veiculo da organização e assistência mecânica. OS PARTICIPANTES deverão providenciar alimentos para 5/6 almoços volantes (tipo piquenique). Será enviado a todos os inscritos um PDF com dicas e conselhos para ajudar na preparação da expedição. Será também efectuado um briefing com todos os participantes antes da viagem em data a indicar (3 a 4 semanas antes da partida) para esclarecimento de dúvidas..

Preços por Pessoa

ADULTO EM DUPLO

850€

SUPLEMENTO SINGLE

390€

Criança com menos de 10 anos

450€

Condições de participação
 Liquidação de 50% do valor total no acto da inscrição, os restantes 50% até 30 dias antes do início da viagem.

Inclui

Ferry Boat Tarifa > Tânger > Tarifa (Viatura e Tripulantes)
8 noites de alojamento em hotéis/albergues/tendas berberes
Regime de meia pensão + 2 Almoços e Jantar Espectáculo.
Veiculo da organização com assistência mecânica
Guia do deserto
Seguro de viagem
Taxas e IVA

Não inclui

Viatura
Combustível
Refeições não indicadas no programa
Bebidas às refeições nos hotéis e extras de carácter pessoal

Nº de participantes

Mínimo: 5 viaturas
máximo: 12 viaturas

Ver condições gerais

Loading...

Junte-se a nós nesta aventura!

Gostava de participar nesta expedição, tem uma questão ou deseja mais informações?

Não hesite entre já em contacto connosco!